Monday, April 22, 2013

As aventuras de (Pi)tman

Boa tarde pessoal, tudo bem com vocês??  Comigo tá beleza!!

No último post eu escrevi sobre a chegada aqui no Rio... Hoje vou contar sobre os últimos dias.
E começa assim.... Na sexta-feira decidi pegar uma praia, o dia estava lindo e eu super animada. Decidi ir até Ipanema no Rio de Janeiro e andar ali por perto, pois lá eu já conhecia. Aqui em Niterói as praias são poluídas e a mais bonita é a Praia de Itacoatiara, mas essa fica longe de onde moro e eu não quis me arriscar sozinha.
Então fiz o seguinte trajeto pra chegar até Ipanema. Peguei um ônibus até o centro e de lá a barca para atravessar até o Rio, confesso que não gostei de andar na barca... fiquei tonta, enjoada e achei caro. Depois parei no centro do Rio de Janeiro e peguei outro ônibus até Ipanema.

Ônibus até o centro de Niterói: R$ 2,75
Barca para o Rio: R$ 4,80
Ônibus até Ipanema: R$ 3,10
Total: R$ 10,65

Chegando na praia conheci o João Neto (foto ao lado), um goiano que está morando no Rio.
 Ele estava andando de Slackline. Pedi ele para que eu pudesse andar e foi a partir daí que começou a surgir várias coincidências. A primeira que ele é goiano, a segunda que ele já morou na mesma rua que eu, a terceira que estamos na mesma situação aqui no Rio: sozinhos, a quarta que amamos slack e por aí vai.
No final do dia, resolvi voltar pra casa e falei do trajeto que eu ainda iria fazer. Então o João logo disse: " Ei, larga de ser boba, tem um ônibus aqui da praia que vai direto pra Niterói."
Eu juro que não acreditei quando ele contou isso. Fiquei tão feliz, sem contar que o valor do ônibus direto pra Niterói é de R$ 5,95 ou seja quase a metade do que gastei, sem contar o conforto. Agora vou contar uma melhor, o ônibus para na porta da minha casa. Geente, é na porta mesmo!!!  

Já em casa, combinei com o João que se fizesse sol no dia seguinte iriamos andar de slack. E assim foi.
No sabadão, encontrei com João e suas duas amigas (Nara e Milene) que também são de Goiânia que tinham acabado de chegar aqui no Rio para passar as férias. E também uma amiga minha (Leila) que veio ao Rio para passar uns dias. Então juntamos todos e virou uma goianada só.  Passamos o dia todo na praia e a noite decidimos ir pra boate. ( PRA QUE SENHORRRRR?? PRA QUE INVENTAMOS ISSO?) kkkkkk 

Eu, Leila e Nara

Para sair a noite, bolamos uma missão. Como João e eu moramos muito longe, ele em Irajá e eu em Niterói, ambos gastamos duas horas para chegar em casa. Decidimos dormir no apartamento que as amigas alugaram em Ipanema. João pegou uma calça larga da Nara, pois só estava de bermuda e usou a mesma camiseta. Eu me arrisquei a voltar em casa para buscar roupa. 
Começou a noite, primeira parada no bar Barthodomeu. Começamos "bem"  hahahah não tinha mesa e estava lotado, decidimos ir fazer um esquenta na Lapa e depois uma boate. Chegamos na Lapa e nos deparamos com um cenário caótico.
Lá se encontra de tudo, mas tudo mesmo. Feio, bonito, rico, pobre, magro, gordo, forró, rap, funk, eletrônico e muita puta. Ôoo lugarzinho pra ter tanta puta como a Lapa.  Ficamos chocados com aquilo. 
Cheguei a seguinte conclusão, o conceito de balada boa para o carioca é muito diferente do conceito de balada boa para um goiano. O goiano gosta de um barzinho legal, bonito, com um bom atendimento. Já o carioca gosta de qualquer 'exquina' que tenha cerveja.
 Enfim, na Lapa tentamos entrar na Rio Scenarium, um dos barzinhos mais bonitinho que achamos, lá contém três ambientes, vários estilos músicas e um pessoal mais bonito. No entanto, a casa estava lotada. kkk Estaca zero de novo.

Uma das amigas do João sugeriu que fossemos para a boate Melt no Leblon. Pegamos mais um táxi e partimos. No meio do caminho começou a chover, o taxista nos deixou na porta da antiga Melt. 
Mas peraí, antiga Melt??? É gente, a boate já não existe mais kkkk É pra chorar né? E o FDP do taxista nem pra nos avisar, nos deixou lá debaixo de chuva e foi embora.  Concordamos que o jeito era ir embora pra casa, pois não era o nosso dia de sair. 

Eu, Milena, Nara e João.


O sábado a noite só nos fez gastar com táxi, cada um pagou cerca de R$ 30,00. Já o domingo foi uma beleza... Fomos até a praia do Recreio no posto 10 onde estava acontecendo um campeonato de slackline. Foi muito legal, ambiente tranquilo, o dia não estava tão quente. A noite voltei para a casa e não me arrisquei em sair, pois o pessoal ainda queria ir para boate.




Pessoal é isso... cada dia estou gostando mais daqui. Sempre vou mantê-los informados das minhas aventuras.  Abaixo estão algumas fotos de todo esse relato. 



 











 


Beijos!!!

#COMENTEM!

4 comments:

Anonymous said...

Que paia.

Anaclecy Mendes Cambota said...

Amiiiiiiga, adorei o título "As aventuras de (Pi)tman" sem contar na inveja branca que estou de vc.. o RJ é maravilhoooso, que saudade disso tudo! Aproveita o máximo essa maravilha! Curta bastante, experiências como estas são únicas! Você merece o melhor! beijos, e sempre estarei aqui dando uma olhadinha no que está aprontando por ai hahaha. LINDA, amooo!

Anaclecy Mendes Cambota said...

Amiiiiiiga, adorei o título "As aventuras de (Pi)tman" sem contar na inveja branca que estou de vc.. o RJ é maravilhoooso, que saudade disso tudo! Aproveita o máximo essa maravilha! Curta bastante, experiências como estas são únicas! Você merece o melhor! beijos, e sempre estarei aqui dando uma olhadinha no que está aprontando por ai hahaha. LINDA, amooo!

Júlio Santos said...

Muuuuito massa Larissa. Tb tá rolando uma inveja branca ... rsrs Sou louco pelo Rio, e um dia vou morar aí! rsrs